sábado, 31 de dezembro de 2011

Feliz 2012

Feliz ano novo, Colorados. Na bola, que em 2011 tenhamos mais motivos para sorrir do que em 2012. Na vida, saúde e felicidade para todos, de todos os times! Até.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

A batalha de Caçador

Daqui a pouco a bola rola no estádio Carlos Alberto da Costa Neves, que pela primeira vez em muitos anos deve receber um público decente. O time da casa depende de uma vitória simples para assegurar vaga na finalíssima do campeonato catarinense da Divisão de Acesso.

Do lado colorado, muitos problemas. A dupla de zaga titular está fora. Alemão levou o terceiro cartão amarelo contra o Biguaçu e Acássio abandonou o Inter em hora decisiva para fechar com o Irati, do Paraná. Na contenção, Douglas não joga porque foi expulso e Danilo porque está com uma contusão no joelho esquerdo. Assim, quatro dos principais jogadores estão fora.

No CAC, segundo o portal Caçador On line, o treinador Rogério Prateat contará com todos os titulares. A provável escalação é Gilberto. Josué, Diego e Júnior Gaúcho. Thiago, Piter, Edno e Hédipo. Saddan, Carlos e Linha. O Inter deve ir com Adê, Almir, Emerson, Salatiel e Vinícios; Roni, Luís André, João Marcelo e Johny; Bruno e Gima.

As rádios Clube (AM) e Band (FM) transmitem o jogo para Lages, mas a partida também pode ser acompanha pela televisão, em transmissão on line no endereço http://www.tv.cacador.net/. Pelo Twitter, a transmissão em tempo real será no @InterLages.


terça-feira, 6 de dezembro de 2011

O ano todo em risco

Por alguns instantes, chegou a parecer que o Inter venceria o Biguaçu e atingiria o objetivo de fazer a segunda partida em casa na decisão da Divisão de Acesso. Eram 24 minutos do segundo tempo quando Gima apanhou a sobra de uma boa investida de Berlanda pela direita e mandou um canhotaço no ângulo direito do goleiro Nei, indefensável. O golaço fez o Vidal Ramos vibrar como nos velhos tempos, mas a felicidade durou pouco. Três minutos, para ser mais exato. Aos 27, Anderson entrou driblando e do bico direito da grande área acertou um balaço no ângulo esquerdo de Adê: 1x1.
Assustado, o Inter se jogou ao ataque de qualquer modo e acabou superado pelo Biguaçu, que se manteve organizado e jogo nos erros colorados. Santos, de cabeça, aos 41, e Zé Neto, este no último lance da partida, deram números finais ao jogo: Inter 1x3 Biguaçu.
Uma derrota dura de assimilar, pelo modo como aconteceu. O Inter deu o azar de ter Douglas expulso (no mesmo lance, Rafael foi expulso pelo Biguaçu) logo depois de Bruno ter saído para a entrada de Luís André, quando Graniti - acertadamente - tentava abrir o jogo. Ainda assim, Gima fez seu gol, mas o Biguaçu manteve a calma e o toque de bola até virar o jogo.
Além de Douglas, expulso, os colorados perderam Alemão, com o terceiro amarelo, e Danilo, com séria lesão no joelho esquerdo. E é assim, desfigurado, que o time vai a Caçador na quinta com a missão de arrancar pelo menos um empate. Em caso de derrota, somada ao triunfo certo do Biguaçu sobre o fraquíssimo Oeste, vai acontecer aquilo que nem o mais pessimista dos torcedores rubros poderia imaginar: Inter fora da final.
Há que se ressaltar que o Internacional continua na briga, e que uma vitória em Caçador não só o garantiria na final, como possibilitaria o segundo jogo em casa. E é nisso que é preciso acreditar.

Internacional 1x3 Biguaçu
5 de dezembro - Campeonato Catarinense de Acesso
Estádio Municipal Vidal Ramos Júnior - Lages
Árbitro: Bráulio da Silva Machado
Cartões vermelhos: Douglas (Inter) e Rafael (Biguaçu)
Inter: Adê, Almir, Alemão, Acácio e Vinicius; Douglas, Roni, Danilo (Berlanda) e Johnny; Bruno (Luis André) e Gima (João Marcelo). Técnico: Rafaelle Graniti.
Biguaçu: Nei, Chiquinho (Júnior), Tiago Recife (Santos), Douglas Paraíba, John Lennon; Anderson, Felipe, Russo, Arlei (Jean); Zé Neto e Rafael. Técnico: Fabrício Bento.
Gols: Gima aos 24, Anderson aos 27, Santos aos 41 e Zé Neto aos 47 do 2o tempo.






quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Gima implacável no Oeste: 3x0

A guerra esperada não saiu da promessa. Na Arena Condá quase vazia, o Inter bateu o Oeste por 3x0, hat trick de Gima, agora artilheiro isolado do certame com 9 gols.
Apesar da superioridade estabelecida desde os primeiros minutos, o gol inaugural demorou a sair. Aos 31 minutos, Gima entrou na área e deu um toquinho na saída do goleiro Marcelo: Inter 1x0.
No intervalo, Graniti deu um puxão de orelha nos jogadores, pedindo mais seriedade. Na cabine da Band FM, o presidente Brequinho disse que o jogo deveria estar, no mínimo, 3x0.
Atendendo ao treinador, o Inter voltou mais ligado para a etapa derradeira. Aos 6 minutos, Gima desceu pela esquerda e, do lado da área, mandou por cobertura para marcar um golaço. O mesmo Gima fechou o escore aos 20, chutando de longe no canto direito de Marcelo.
Berlanda, que entrou no lugar de Bruno, quase marcou o seu, mas a bola bateu no travessão. O Oeste até criou algumas chances, mas elas pararam primeiro em Adê, e depois em seu substituto, Jean.
Com a vitória, o Inter chegou a 10 pontos, líder isolado na divisão de acesso. Amanhã, em Biguaçu, o time da casa recebe o Caçador para fechar a rodada.

Internacional 3x0 Oeste (Chapecó)
1 de dezembro – Campeonato Catarinense de Acesso
Arena Condá – Chapecó
Árbitro: Fábio Steffens
Inter: Adê (Jean), Luís André, Emerson, Acássio e Almir; Douglas, Roni, Danilo e Johny (João Marcelo); Gima e Bruno (Berlanda). Técnico: Rafaele Graniti
Gols: Gima aos 31 do 1º tempo; Gima aos 6 e aos 20 do 2º tempo.





Inter joga em Chapecó pensando no futuro

A partida de logo mais, na Arena Condá, vale muito para o Internacional. Bem mais do que os três pontos, que o manteriam na liderança isolada do quadrangular. Dependendo do resultado entre Biguaçu e Caçador, amanhã à noite, na Grande Florianópolis, se vencer em Chapecó o Inter fica a uma vitória em casa de não só assegurar a sua vaga na final do campeonato, mas também de garantir o último em casa.

O jogo não é tão simples quanto parece. Claro que o Oeste é a quarta força do quadrangular, mas é um time mais forte que o do ano passado. Na fase classificatória, o Inter penou para arrancar um empate. Além disso, os jogadores do Oeste prometeram complicar a vida colorada quase como uma questão pessoal, depois das desavenças do último jogo. Como é um adversário que não aspira mais nada, é de se temer até por entradas mais violentas.

Graniti é macaco velho e sabe de tudo isso. Assim, deve ter preparado o time para essas adversidades. Futebol o Inter já provou que tem. Hoje é dia de provar que tem controle emocional, porque a partida de logo mais tem reflexos futuros para os colorados.

A bola rola às 20:30 e a Band FM transmite com Antônio Armindo e Rodrigo Moreira. Cola o ouvido aí ou acessa http://bandfmlages.com.br/

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Inter atropela o Oeste e dorme na liderança

Fechando sua participação no turno do quadrangular da divisão de acesso, o Inter de Lages aplicou 4x0 no Oeste, ontem à noite, em Lages.

Ofensivo desde o apito inicial, o Leão da Serra quase abriu o placar aos dois minutos. No mesmo lance, após bola alçada por Danilo, Alemão dividiu com o goleiro, Luís André chutou na trave esquerda e no rebote Alemão mandou para o arco desguarnecido, mas um zagueiro tirou em cima da linha (vídeo).

Três minutos mais tarde, o novo ídolo colorado finalmente marcou seu primeiro gol no campeonato. Danilo bateu escanteio da ponta esquerda, Alemão subiu no segundo andar e testou firme para fazer 1x0 (veja aqui o vídeo do gol, com narração de Antônio Armindo, da Band FM).


Com a vantagem, o time se acomodou e só voltou a levar perigo aos 22 minutos, quando Danilo acertou a trave em cobrança de falta. Dez minutos depois, no primeiro lance de perigo do Oeste, Jean acertou a trave de Adê. Foi o que bastou para o Inter acordar, e aos 34 Gima recebeu de Alemão pela esquerda e chutou rasteiro no canto direito: 2x0.

Logo em seguida, Johny arriscou um chute de fora da área, forte e com efeito. A bola explodiu no travessão de Marcelo. Mas aos 44, nem a trave e nem o goleiro salvaram o Oeste: Luís André entrou livre pela direita e chutou cruzado para fazer 3x0.

Como de hábito, o ritmo colorado caiu no segundo tempo, mas nada que ameaçasse a vitória. Luís André carimbou a trave do Oeste no começo da etapa, pouco antes de ser substituído. Para festa da torcida, o atacante Bruno entrou em seu lugar, e a volta do artilheiro foi em grande estilo. Primeiro ele cabeceou na trave após cruzamento de Alemão. Pouco depois, em jogada parecida, Bruno marcou e foi comemorar com seus companheiros do banco de reservas.

Com a goleada, o Inter dormiu na liderança do quadrangular e aguarda o resultado de Biguaçu e Caçador, que se enfrentam na noite desta terça-feira.

Internacional 4x0 Oeste (Chapecó)
28 de novembro – Campeonato Catarinense de Acesso
Estádio Municipal Vidal Ramos Júnior – Lages
Árbitro: Carlos Eduardo Vieira Areas
Inter: Adê, Almir (Berlanda), Alemão, Acácio e Vinícius; Douglas, Danilo, Roni e Johny (João Marcelo); Luís André (Bruno) e Gima. Técnico: Rafaeli Graniti
Gols: Alemão aos 2, Gima aos 34 e Luís André aos 44 do 1º tempo; Bruno aos 34 do 2º tempo.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Dentro do planejamento

Após a vitória contra o CAC, Graniti disse que o empate em Biguaçu seria bom resultado. Foi o que aconteceu, e o Inter agora tem a obrigação de fazer seis pontos nos dois jogos seguidos contra o Oeste, para confirmar a vaga para a final no segundo jogo do returno, contra o Biguaçu, em Lages.

O primeiro passo é vencer o Oeste em Lages. Será na segunda, às 20:30. Vamos lá ajudar o nosso Colorado. Até agora, o planejamento para o Quadrangular está sendo seguido.


segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Inter vence Caçador na bola e na raça

Como se esperava, Inter e Caçador protagonizaram um jogo tenso no Vidal Ramos. E os donos da casa, mesmo sem um atacante de ofício, tomaram a iniciativa e criaram as principais oportunidades.


No primeiro tempo,a melhor chance colorada foi através de uma falta cobrada por Danilo. A bola foi no ângulo direito, mas o goleiro Gilberto desviou com a ponta dos dedos (veja o lance clicando AQUI).

Logo no início da etapa final, veio o gol da vitória. Johnny entrou na área a dribles e levou a falta. Bola na cal, o próprio Johnny foi para a cobrança. Com excesso de ginga e rebolado, ele bateu à meia altura no canto direito. Gilberto espalmou, a bola tomou efeito e entrou do outro lado da meta (veja o lance e a narração de Antônio Armindo, da Band FM, clicando AQUI).

Com a desvantagem, o Oeste adiantou a marcação, mas os melhores ataques continuaram sendo do Inter, como em uma cabeçada de Alemão. As bolas paradas também eram uma arma colorada, e Danilo quase marcou um golaço olímpico (veja o lance clicando AQUI).

O fraco árbitro Bráulio da Silva Machado foi muito vaiado pela torcida. Em um lance com a bola parada, o goleiro Gilberto deu uma cotovelada em Douglas. Apesar de ser avisado pelo auxiliar, Bráulio não tomou nenhuma atitude. Mais tarde, expulsou um jogador de cada lado depois de empurrões de parte a parte entre João Marcelo e Gaúcho.

No único arremate perigoso do time de Caçador, em uma falta cobrada por Edno, Adê fez ótima defesa e garantiu o triunfo do Internacional.

Em Chapecó, o Biguaçu atropelou o Oeste por 7x0, e lidera o quadrangular pelo saldo de gols.

Internacional 1x0 Oeste
21 de novembro de 2011 - Campeonato Catarinense de Acesso
Estádio Municipal Vidal Ramos Júnior - Lages
Árbitro: Bráulio da Silva Machado, auxiliado por José Roberto Larroyd e Mayck Espindula Costa.
Cartões vermelhos: João Marcelo (Inter)e Gaúcho (Caçador).
Cartões amarelos: Josué, Peter e Gaúcho (Caçador).
Internacional: Adê, Almir, Alemão, Acássio e Vinícius; Douglas, Danilo, Roni e Eliezer (André); Johnny e Gima. Técnico: Rafaele Granitti.
Caçador: Gilberto, Edno, Thiago, Josué e Edipo; Gaúcho, Peter, Evandro (Diego) e Carlos; Linha e Felipe. Técnico: Rogério Prateat
Gol: Johnny (pênalti) aos 2 do segundo tempo.

Agora é pra valer

Vai começar o quadrangular da divisão de acessor. Inter, Caçador, Oeste e Biguaçu jogam entre si, em turno e returno, para definir os dois finalistas do campeonato.

Daqui a pouco, às 20:30, Inter e Caçador jogam no Tio Vida. Jogo duríssimo, pois basta lembrar que o Caçador é o único time que não perdeu para o Inter: 0x0 em Lages e 1x0 em Caçador.

O Colorado tem desfalques. Ralf não se recuperou e, com problemas no joelho, não atua mais esse ano. Bruno pode voltar ainda no quadrangular, mas não joga hoje. Mas quem não pode desfalcar o time é o torcedor lageano, destaque absoluto do campeonato.

Vamos lá! A bola rola a partir das 20:30 e tem sorteio de camisas na Band FM.

domingo, 6 de novembro de 2011

Mais fotos de Maga 0x5 Inter

Julian de Souza, @gremiopunk no Twitter, acompanhou Maga x Inter e mandou várias fotos da goleada colorada. Valeu, Julian!


sábado, 5 de novembro de 2011

Inter goleia em Indaial: 5x0 no Maga


Encerrando sua participação na fase classificatória*, o Inter foi a Indaial e goleou o Maga por 5x0 no estádio Jorge Hardt, o Gigante do Vale. Com 4x0 no primeiro tempo, (Gima aos 25, Douglas aos 27, Acácio aos 35 e Gima aos 39), o time colorado relaxou na etapa final e só marcou depois que dois jogadores do Maga. João Marcelo, que havia entrado no lugar de Vinícius, foi quem deu números finais à partida. Como curiosidade, a fragilidade do Maga é tão grande que o goleiro colorado Adê só tocou na bola aos 12 minutos do segundo tempo... (foto: Julian de Souza @gremiopunk)


Internacional 5x0 Maga (Indaial)
5 de novembro – Campeonato Catarinense de Acesso
Estádio Jorge Hardt – Indaial
Árbitro: Luiz Carlos Pereira
Cartões vermelhos: Léo e Diego (Maga)
Inter: Adê, Almir, Alemão (Emerson), Acácio e Vinícius (João Marcelo); Douglas, Eliezer, Danilo e Johnny; Diego e Gima (Berlanda). Técnico: Raffaele Granitti
Gols: Gima aos 25, Douglas aos 27, Acácio aos 35 e Gima aos 39 do 1º tempo; João Marcelo aos 26 do 2º tempo.

* O Inter aguarda o pronunciamento da FCF sobre a continuação ou não da partida contra o Pinheiros

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Maga x Inter e Pinheiros x Inter

Saiu arbitragem de Maga x Inter, sábado:

Jogo 54 Data: 05/11/2011 as: 16:00 horas - RETURNO Estádio: GIGANTE DO VALE - INDAIAL
Confronto: MAGA X Internacional
Delegado..... - RICARDO TOMAS MOREIRA
Árbitro......- LUIZ CARLOS PEREIRA - CBF
Assistente 1 - ALEXANDRE DARAIO
Assistente 2 - JOICE DA SILVA PEREIRA
4º Árbitro...- JOSÉ ROBERTO DA SILVA
Árbitro Participante do Sorteio: JAKSON RENATO PEREIRA



E nessa várzea infinita que é a Divisão de Acesso, inacreditavelmente a FCF remarcou Pinheiros x Inter pro dia 9, quarta, 16 horas, em Jaraguá.

sábado, 29 de outubro de 2011

Várzea: bola rola só 10 minutos em Jaraguá

O jogo entre Pinheiros e Inter estava com 10 minutos do primeiro tempo quando a ambulância deixou o estádio do Botafogo, em Jaraguá do Sul. Depois de esperar o tempo determinado pelo regulamento, a arbitragem deu a partida por encerrada. A FCF deve se pronunciar sobre o caso na próxima semana.

Internacional 0x0 Pinheiros
29 de outubro – Campeonato Catarinense de Acesso
Estádio do Botafogo – Jaraguá do Sul
Árbitro: Clodoaldo Jusviack
Inter: Adê, Almir, Alemão, Acácio e Vinícius; Douglas, Danilo, Luís André e Johnny; Diego e Gima. Técnico: Raffaele Granitti
Obs.: Aos 10 do 1º tempo a ambulância deixou o estádio para atender uma ocorrência. O árbitro paralisou a partida e aguardou o tempo regulamentar, dando a partida por encerrada.

domingo, 23 de outubro de 2011

Gima decide e Inter volta a vencer: 1x0 no Jaraguá.

Um gol de Gima na metade do primeiro tempo, desviando uma cobrança de escanteio, bastou para o Inter reencontrar o caminho das vitórias. Ainda na primeira etapa, os colorados perderam vários gols e mantiveram bom ritmo. Porém, como nas outras partidas, o time cansou na etapa final. Isso, e ainda as saídas de Bruno e João Marcelo para as entradas de Cláudio Júnior e Johnny, transformou a etapa final em um jogo monótono. Nem assim o Jaraguá ameaçou, e o Inter assegurou mais três pontos no returno.

Inter 1x0 Jaraguá
23 de outubro de 2011 - Divisão de Acesso
Estádio Vidal Ramos Júnior - Lages
Árbitro: Altair Schmitt
Inter: Adê, Almir, Alemão, Acácio e Vinícius (Danilo); Douglas, Roni, Ralf e João Marcelo (Johnny); Bruno (Cláudio Júnior) e Gima. Técnico: Granitti
Gol: Gima aos 22 do 1º tempo.

Inter x Jaraguá

Logo mais, às 16 horas, o Inter recebe o Jaraguá pela quarta rodada do returno da Divisão de Acesso. Você acompanha o jogo com a Band FM Lages e através do twitter @InterLages.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Arbitragem para Inter x Jaraguá

Jogo 43 Data: 23/10/2011 as: 16:00 horas - RETURNO Estádio: VIDAL RAMOS JUNIOR - LAGES
Confronto: Internacional X Jaraguá
Delegado..... - LAUREMIR SAVEDRA
Árbitro......- ALTAIR JOSE SCHMITT
Assistente 1 - FABIANO COELHO DA SILVA
Assistente 2 - SANDRO RODRIGUES
4º Árbitro...- ALISSON SIDNEI FURTADO
Árbitro Participante do Sorteio: RAIMUNDO DA LUZ NASCIMENTO

domingo, 16 de outubro de 2011

Arrumar a casa

Além da derrota em Caçador, ao que tudo indica, Vainer e Du Lopes foram inscritos fora do prazo. Sobre Vainer, Adriano Meira dá a letra AQUI.

Vamos com o que temos, o elenco é bom e o técnico é um dos melhores do estado, em qualquer das três divisões. Mas que história esquisita essa de inscrever jogadores fora do prazo, não?

É a hora de arrumar a casa e preparar o time para o quadrangular final. Domingo tem Tio Vida de novo, 15:30, contra o Jaraguá. No meio de semana o Inter folga.

sábado, 15 de outubro de 2011

Inter perde a invencibilidade em Caçador: 1x0

foto: Caçador On Line










O Internacional não repetiu as atuações anteriores e perdeu a invencibilidade na Divisão de Acesso. Jogando no estádio Carlos Alberto da Costa Neves, em Caçador, os colorados perderam para o CAC pelo escore mínimo, tento de Evandro, aos 11 minutos do segundo tempo. A melhor chance de empatar o jogo foi desperdiçada por Almir, que da marca do pênalti chutou para fora, aos 28 minutos também da etapa final. O vídeo do gol da vitória caçadorense pode ser visto no portal Caçador On Line, clicando AQUI.

Internacional 0x1 Caçador
15 de outubro – Campeonato Catarinense de Acesso
Estádio Carlos Alberto da Costa Neves – Caçador
Árbitro: João Fernando da Silva
Inter: Adê, Almir (Diego), Alemão, Acácio e Vinicius (Luis André); Douglas, Danilo, Roni e Gima; Bruno e Claudio Júnior (Berlanda). Técnico: Rafaelle Graniti
Gol: Evandro aos 11 do 2º tempo.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Nós no Polidoro

O bravo e intrépido Polidoro Júnior, que veio a Lages tantas vezes nos anos 80 nos jogos da dupla da Capital contra o Inter, registra o bom momento colorado em seu blog. Passa lá: http://polidorojunior.blogspot.com/2011/10/volta-por-cima.html

Valeu, Polidoro!

Curtinhas

- Inter contratou o zagueirão Du Lopes, de 31 anos, ex-Sport, Guarani e XV de Jaú. A ficha dele:

- Dá uma sacada no estilo do xerifão: http://www.youtube.com/watch?v=TqtOWv0JJbE

- Saiu a arbitragem para Caçador x Inter: apito na boca de João Fernando da Silva, o popular Dadá, auxiliado por Celiomar de Oliveira e Clair Dapper

- E a pergunta que não quer calar: por que não entrou mais nas escalas a Fernanda Colombo Uliana?

- O jogo será às 16:30 deste sábado, no Carlos Alberto da Costa Neves. A FÚRIA JOVEM estará lá!

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Ave, Vainer!

A diretoria do Inter já anunciou o retorno de Vainer, que jogou aqui em 2005. Curiosamente, os jogos da segundona naquele ano não atraíam nem a metade do público que vai hoje ao Tio Vida empurrar o Leão Baio, e poucos viram Vainer jogar.

Eu vi, e digo: trata-se do melhor cobrador de faltas que eu vi no Internacional. Uma perna esquerda infernal, apta ao chute forte e reto e ao arremate traiçoeiro, cheio de efeito.

Depois do Inter, Vainer rodou o Brasil. Jogou no Rio Branco de Americana, no Atlético Goianiense, no Brasiliense, no Inter de Santa Maria, no Brasil de Pelotas e em outros clubes gaúchos. Talvez por isso tenha-se a impressão de que Vainer Dias Fernandes é um veterano, mas ele recém completou 29 anos.

Em 2009 ele marcou esse golaço aqui no Grêmio, que rodou o Brasil. Uma pancada no ângulo, a la Rivellino (veja aqui com narração de Pedro Ernesto Denardim). Habituado aos grandes palcos (aqui um gol de pênalti contra o Atlético Mineiro, pelo América de Natal, filmado por um torcedor) e aos momentos decisivos, Vainer é uma ótima resposta colorada aos adversários que estão se reforçando para o segundo turno e quadrangular.

Em sua primeira passagem por Lages, Vainer fez 10 jogos e 10 gols. Agora, tem tudo para repetir o feito e ainda consagrar o artilheiro Bruno com seus cruzamentos precisos.

Sim, o time do Inter já é o melhor da Divisão de Acesso. Mas craque nunca é demais. Seja bem vindo, Vainer.

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Inter começa returno na mesma balada: 3x2 no Biguaçu

Os colorados se abraçam antes do jogo: time unido e vencedor

A expectativa de que o Biguaçu criaria mais problemas ao Internacional do que os demais adversários não se confirmou.O placar de 3x2 não é fiel à supremacia colorada durante a partida.

Vinícius já havia perdido uma boa chance de marcar quando Danilo, aos 16 minutos, cobriu uma falta perfeita da entrada da área. De pé esquerdo ele botou a bola no ângulo direito do goleiro Alemão, o gol mais bonito do Internacional nessa temporada.

Danilo olha e tira a medida...

... e manda a bola no ângulo direito de Alemão: golaço! (foto: Nilton Wolff)

Com mais de 70% de posse de bola na primeira etapa, os colorados não saíam do campo de ataque. Aos 32 minutos, Danilo alçou na área e Douglas foi no segundo andar para desviar de cabeça e marcar o segundo.

O único arremate do Biguaçu nos 45 minutos iniciais foi um chute de fora da área, longe do gol de Adê. O Inter terminou o período bem mais próximo do terceiro gol do que os visitantes de marcar o seu primeiro.

Alemão (3) quase marca o seu

No segundo tempo, mesmo diminuindo o ritmo, o Internacional seguiu superior. Aos 13 minutos, Roni viu o goleiro adiantado e tentou por cobertura, de fora da área, mas Alemão tocou com as pontas dos dedos e bola bateu no travessão. Na sequência, Almir cruzou da direita e Bruno fechou no segundo pau para, de cabeça, marcar seu sexto gol no campeonato.

Bruno voltou a marcar e chegou a 6 gols no campeonato

O Biguaçu ainda não havia criado nenhuma chance clara quando chegou ao primeiro gol, de modo fortuito. John jogou a bola na área, nenhum jogador conseguiu a cabeçada e ela entrou no canto direito de Adê. Pouco depois, Gima entrou sozinho na área e, quando ia marcar o quarto gol, foi calçado. Pênalti clamoroso, ignorado por Jonas Estevão da Silva.

No fim, em falha de marcação da zaga, o pequeno Santos marcou de cabeça o segundo do Biguaçu, mas nada que atrapalhasse a festa dos colorados que foram outra em peso ao Vidal Ramos Júnior.


Internacional 3x2 Biguaçu

12 de outubro – Campeonato Catarinense de Acesso
Estádio Municipal Vidal Ramos Júnior – Lages
Árbitro: Jonas Estevão da Silva
Inter: Adê, Almir, Alemão, Acácio e Vinícius; Douglas, Danilo (Emerson), Roni e Gima; Bruno (João Marcelo) e Cláudio Júnior (Luiz André). Técnico: Raffaele Granitti
Biguaçu: Alemão, Felipe, Russo, Matias e Chiquinho (John); Bahia, Juninho, Arley e Vitinho (Jean); Zé e Santos.
Gols:Danilo (falta) aos 16 e Douglas aos 32 do 1º tempo; Bruno aos 13, John aos 21 e Santos aos 41 do 2º tempo.

Vamos nós de novo

E vamos para o returno. O regulamento do campeonato é uma aberração, se vencermos o segundo turno não levamos vantagem nenhuma para o quadrangular, mas não dá para tirar o pé.

Chegaram novos jogadores. Graniti disse que o time está apenas em 50% do que pode produzir. Ou seja, há um trabalho a ser feito para que o time chegue ao quadrangular final em ponto de bala, jogando seu melhor futebol.

Vamos lá. Mais uma chance de vibrar com a raça de Alemão e com os gols de Bruno. O Inter, aos poucos, vai ficando com a nossa cara: raçudo e vencedor.

Inter x Biguaçu
Abertura do returno da Divisão de Acesso
Estádio Vidal Ramos Júnior
15:30
Ingressos a 10 reais (inteira) e 5 reais (meia)

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Arbitragem para Inter x Biguaçu

Saiu a escala da primeira rodada do returno. Inter x Biguaçu será apitado por Jonas Estevão da Silva, de Caçador.

Jogo 30 Data: 12/10/2011 as: 15:30 horas - RETURNO Estádio: VIDAL RAMOS JUNIOR - LAGES
Confronto: Internacional X Biguaçú
Delegado..... - LAUREMIR SAVEDRA
Árbitro......- JONAS ESTEVãO DA SILVA
Assistente 1 - JEFERSON LUIZ MACIEL
Assistente 2 - LUIZ ANTONIO ARIGONI
4º Árbitro...- DAIANE APARECIDA MADEIRA

Imagens de uma vitória - Parte II

A torcida pediu até para ele bater o pênalti, e Alemão tentou de todos os jeitos, mas seu gol não saiu. Essa aí parou no travessão.

Gente fina, elegante e sincera no mega VIP Camarote Band FM

Ricardo, Gima e Bruno: a artilharia colorada comemora o terceiro gol

Quando a Fúria canta o Tio Vida se levanta, iiii só dá Intêr! Êeeeeeeee, bota pra ...

Ricardo sobe mais alto e quase marca de cabeça

Vinícius, força e categoria na ala esquerda colorada

Danilo cobra a falta e acerta a trave

A sabedoria infantil atesta: o Inter é o time do futuro

Retratos de uma vitória - Parte I

Mais fotos da vitória do Inter, da cobertura da Band FM e da festa da galera.

Aninha, poderosa chefona da equipe Band no estádio, olha para o céu e pede: tomara que todos os times com nome de Internacional vençam hoje...

Alemão, novo ídolo colorado, joga boné para a torcida

A turma da corneta, que não abandona a arquibancada descoberta ao lado do pavilhão antigo: à sombra das araucárias imortais

Acompanhados de jovens torcedores, os guerreiros colorados entram em campo


Os campeões do primeiru turno da Divisão de Acesso posam para as lentes de Alvarélio Kurossu e Celso Aurélio

domingo, 9 de outubro de 2011

Um gol, dois ângulos (e outras coisas mais)

Meu amigo Nilton Wolff manda a foto do gol do Gima, o primeiro da goleada. Ele estava lá atrás do do gol. Curiosamente, na foto que eu tirei, aparece o Nilton no momento do clique. Olha só:

Aqui o Gima fazendo o gol, na foto tirada pelo Nilton

E nessa outra, ó o Nilton fazendo a foto. Atrás dele está o Mano, da Visiom, e mais perto do gol o Rodrigo, da Rádio Clube

E por falar em Mano e Visiom, é claro que não tenho equipamento e habilidade para filmar como ele, mas aí está o gol de pênalti do Bruno.

video

Inter goleia em ritmo de treino e conquista primeiro turno

Sim, há vida na terceira divisão. De novo diante de um ótimo público no Vidal Ramos, o Inter goleou o Maga por 5x1 e fez a festa de quase dois mil torcedores. Sem dúvida, uma tarde mais feliz do que a noite de sábado dos fãs de Atlético e América Mineiro, que pela Série A do Brasileiro levaram apenas 752 pagantes para ver seu empate sem gols.


Ninguém tinha dúvidas de que o Inter venceria com facilidade. O Maga, de Indaial, perdeu todas as suas partidas e chegou a Lages com 27 gols sofridos e nenhum marcado. E pior, chegou de micro ônibus, pouco mais de uma hora antes do jogo, com apenas 13 jogadores relacionados para a partida.

Gima marca o primeiro

Os donos da casa não tinham nada a ver com isso e foram em peso ao Tio Vida. Novamente chamou a atenção a quantidade de jovens torcedores, provando que há uma nova geração de colorados. "Inter campeão - Eu já sabia", diziam os cartazes de duas crianças acompanhadas dos pais.

Ricardo e seu momento Inacreditável Futebol Clube

Mesmo sem Ralf e Eliezer, o Internacional massacrou no primeiro tempo. Além dos quatro gols, muitas chances perdidas. Quatro arremates foram parar nas traves do goleiro Ciro, do Maga. O placar foi construído ao natural. Gima marcou o primeiro de cabeça, ao escorar no segundo pau um cruzamento da direita. O artilheiro Bruno, de pênalti, aumentou para dois. Ricardo, que jogou pela primeira vez como titular, fechou o placar da primeira etapa. No primeiro, ele aproveitou cruzamento de Almir e emendou na pequena área. Depois, valendo-se de uma indecisão entre o goleiro Ciro e o zagueiro Antonello, Ricardo deu um leve toque para fazer 4x0.

Douglas passa a régua e fecha a conta

A expectativa de uma super goleada no segundo tempo não se confirmou. Ao contrário, foi o Maga quem marcou primeiro - um belo gol de Willian, encobrindo o goleiro Adê. Rafaelle Graniti então promoveu a estreia de Cláudio Júnior, e também mandou a campo Luiz André e Adilson. Mesmo diminuindo o ritmo, o Internacional perdeu vários gols, principalmente com o atacante Ricardo - um deles, de cabeça, valeria a vinheta do Inacreditável Futebol Clube.

Quase no final, Douglas - de excelente atuação - apareceu na pequena área e chutou no alto, no meio do gol, para dar números finais à partida: Inter 5x1 Maga.

Após o último apito de Edson da Silva, os jogadores saudaram a torcida e foram aclamados como campeões. Com a conquista, o Inter assegura vaga no quadrangular final e se aproxima do retorno à segunda divisão.

Quarta-feira, às 15:30, o Inter abre o returno recebendo o time do Biguaçu, no Vidal Ramos. É feriado, e os torcedores colorados certamente estarão lá para apoiar o time que fez a cidade reviver a sua paixão pelo futebol.

Mais tarde, outras fotos da goleada colorada.

Internacional 5x1 Maga
9 de outubro - Campeonato Catarinense de Acesso

Estádio Municipal Vidal Ramos Júnior - Lages

Árbitro: Edson da Silva

Inter: Adê, Almir (Adilson), Alemão, Emerson e Vinícius (Luiz André); Douglas, Danilo, Roni e Gima; Bruno (Cláudio Júnior) e Ricardo. Técnico: Raffaele Granitti
Gols: Gima aos 11, Bruno (pênalti) aos 17 e Ricardo aos 35 e 38 do 1
º tempo; Willian (Maga) aos 9 e Douglas aos 39 do 2º tempo.