sábado, 29 de outubro de 2011

Várzea: bola rola só 10 minutos em Jaraguá

O jogo entre Pinheiros e Inter estava com 10 minutos do primeiro tempo quando a ambulância deixou o estádio do Botafogo, em Jaraguá do Sul. Depois de esperar o tempo determinado pelo regulamento, a arbitragem deu a partida por encerrada. A FCF deve se pronunciar sobre o caso na próxima semana.

Internacional 0x0 Pinheiros
29 de outubro – Campeonato Catarinense de Acesso
Estádio do Botafogo – Jaraguá do Sul
Árbitro: Clodoaldo Jusviack
Inter: Adê, Almir, Alemão, Acácio e Vinícius; Douglas, Danilo, Luís André e Johnny; Diego e Gima. Técnico: Raffaele Granitti
Obs.: Aos 10 do 1º tempo a ambulância deixou o estádio para atender uma ocorrência. O árbitro paralisou a partida e aguardou o tempo regulamentar, dando a partida por encerrada.

domingo, 23 de outubro de 2011

Gima decide e Inter volta a vencer: 1x0 no Jaraguá.

Um gol de Gima na metade do primeiro tempo, desviando uma cobrança de escanteio, bastou para o Inter reencontrar o caminho das vitórias. Ainda na primeira etapa, os colorados perderam vários gols e mantiveram bom ritmo. Porém, como nas outras partidas, o time cansou na etapa final. Isso, e ainda as saídas de Bruno e João Marcelo para as entradas de Cláudio Júnior e Johnny, transformou a etapa final em um jogo monótono. Nem assim o Jaraguá ameaçou, e o Inter assegurou mais três pontos no returno.

Inter 1x0 Jaraguá
23 de outubro de 2011 - Divisão de Acesso
Estádio Vidal Ramos Júnior - Lages
Árbitro: Altair Schmitt
Inter: Adê, Almir, Alemão, Acácio e Vinícius (Danilo); Douglas, Roni, Ralf e João Marcelo (Johnny); Bruno (Cláudio Júnior) e Gima. Técnico: Granitti
Gol: Gima aos 22 do 1º tempo.

Inter x Jaraguá

Logo mais, às 16 horas, o Inter recebe o Jaraguá pela quarta rodada do returno da Divisão de Acesso. Você acompanha o jogo com a Band FM Lages e através do twitter @InterLages.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Arbitragem para Inter x Jaraguá

Jogo 43 Data: 23/10/2011 as: 16:00 horas - RETURNO Estádio: VIDAL RAMOS JUNIOR - LAGES
Confronto: Internacional X Jaraguá
Delegado..... - LAUREMIR SAVEDRA
Árbitro......- ALTAIR JOSE SCHMITT
Assistente 1 - FABIANO COELHO DA SILVA
Assistente 2 - SANDRO RODRIGUES
4º Árbitro...- ALISSON SIDNEI FURTADO
Árbitro Participante do Sorteio: RAIMUNDO DA LUZ NASCIMENTO

domingo, 16 de outubro de 2011

Arrumar a casa

Além da derrota em Caçador, ao que tudo indica, Vainer e Du Lopes foram inscritos fora do prazo. Sobre Vainer, Adriano Meira dá a letra AQUI.

Vamos com o que temos, o elenco é bom e o técnico é um dos melhores do estado, em qualquer das três divisões. Mas que história esquisita essa de inscrever jogadores fora do prazo, não?

É a hora de arrumar a casa e preparar o time para o quadrangular final. Domingo tem Tio Vida de novo, 15:30, contra o Jaraguá. No meio de semana o Inter folga.

sábado, 15 de outubro de 2011

Inter perde a invencibilidade em Caçador: 1x0

foto: Caçador On Line










O Internacional não repetiu as atuações anteriores e perdeu a invencibilidade na Divisão de Acesso. Jogando no estádio Carlos Alberto da Costa Neves, em Caçador, os colorados perderam para o CAC pelo escore mínimo, tento de Evandro, aos 11 minutos do segundo tempo. A melhor chance de empatar o jogo foi desperdiçada por Almir, que da marca do pênalti chutou para fora, aos 28 minutos também da etapa final. O vídeo do gol da vitória caçadorense pode ser visto no portal Caçador On Line, clicando AQUI.

Internacional 0x1 Caçador
15 de outubro – Campeonato Catarinense de Acesso
Estádio Carlos Alberto da Costa Neves – Caçador
Árbitro: João Fernando da Silva
Inter: Adê, Almir (Diego), Alemão, Acácio e Vinicius (Luis André); Douglas, Danilo, Roni e Gima; Bruno e Claudio Júnior (Berlanda). Técnico: Rafaelle Graniti
Gol: Evandro aos 11 do 2º tempo.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Nós no Polidoro

O bravo e intrépido Polidoro Júnior, que veio a Lages tantas vezes nos anos 80 nos jogos da dupla da Capital contra o Inter, registra o bom momento colorado em seu blog. Passa lá: http://polidorojunior.blogspot.com/2011/10/volta-por-cima.html

Valeu, Polidoro!

Curtinhas

- Inter contratou o zagueirão Du Lopes, de 31 anos, ex-Sport, Guarani e XV de Jaú. A ficha dele:

- Dá uma sacada no estilo do xerifão: http://www.youtube.com/watch?v=TqtOWv0JJbE

- Saiu a arbitragem para Caçador x Inter: apito na boca de João Fernando da Silva, o popular Dadá, auxiliado por Celiomar de Oliveira e Clair Dapper

- E a pergunta que não quer calar: por que não entrou mais nas escalas a Fernanda Colombo Uliana?

- O jogo será às 16:30 deste sábado, no Carlos Alberto da Costa Neves. A FÚRIA JOVEM estará lá!

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Ave, Vainer!

A diretoria do Inter já anunciou o retorno de Vainer, que jogou aqui em 2005. Curiosamente, os jogos da segundona naquele ano não atraíam nem a metade do público que vai hoje ao Tio Vida empurrar o Leão Baio, e poucos viram Vainer jogar.

Eu vi, e digo: trata-se do melhor cobrador de faltas que eu vi no Internacional. Uma perna esquerda infernal, apta ao chute forte e reto e ao arremate traiçoeiro, cheio de efeito.

Depois do Inter, Vainer rodou o Brasil. Jogou no Rio Branco de Americana, no Atlético Goianiense, no Brasiliense, no Inter de Santa Maria, no Brasil de Pelotas e em outros clubes gaúchos. Talvez por isso tenha-se a impressão de que Vainer Dias Fernandes é um veterano, mas ele recém completou 29 anos.

Em 2009 ele marcou esse golaço aqui no Grêmio, que rodou o Brasil. Uma pancada no ângulo, a la Rivellino (veja aqui com narração de Pedro Ernesto Denardim). Habituado aos grandes palcos (aqui um gol de pênalti contra o Atlético Mineiro, pelo América de Natal, filmado por um torcedor) e aos momentos decisivos, Vainer é uma ótima resposta colorada aos adversários que estão se reforçando para o segundo turno e quadrangular.

Em sua primeira passagem por Lages, Vainer fez 10 jogos e 10 gols. Agora, tem tudo para repetir o feito e ainda consagrar o artilheiro Bruno com seus cruzamentos precisos.

Sim, o time do Inter já é o melhor da Divisão de Acesso. Mas craque nunca é demais. Seja bem vindo, Vainer.

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Inter começa returno na mesma balada: 3x2 no Biguaçu

Os colorados se abraçam antes do jogo: time unido e vencedor

A expectativa de que o Biguaçu criaria mais problemas ao Internacional do que os demais adversários não se confirmou.O placar de 3x2 não é fiel à supremacia colorada durante a partida.

Vinícius já havia perdido uma boa chance de marcar quando Danilo, aos 16 minutos, cobriu uma falta perfeita da entrada da área. De pé esquerdo ele botou a bola no ângulo direito do goleiro Alemão, o gol mais bonito do Internacional nessa temporada.

Danilo olha e tira a medida...

... e manda a bola no ângulo direito de Alemão: golaço! (foto: Nilton Wolff)

Com mais de 70% de posse de bola na primeira etapa, os colorados não saíam do campo de ataque. Aos 32 minutos, Danilo alçou na área e Douglas foi no segundo andar para desviar de cabeça e marcar o segundo.

O único arremate do Biguaçu nos 45 minutos iniciais foi um chute de fora da área, longe do gol de Adê. O Inter terminou o período bem mais próximo do terceiro gol do que os visitantes de marcar o seu primeiro.

Alemão (3) quase marca o seu

No segundo tempo, mesmo diminuindo o ritmo, o Internacional seguiu superior. Aos 13 minutos, Roni viu o goleiro adiantado e tentou por cobertura, de fora da área, mas Alemão tocou com as pontas dos dedos e bola bateu no travessão. Na sequência, Almir cruzou da direita e Bruno fechou no segundo pau para, de cabeça, marcar seu sexto gol no campeonato.

Bruno voltou a marcar e chegou a 6 gols no campeonato

O Biguaçu ainda não havia criado nenhuma chance clara quando chegou ao primeiro gol, de modo fortuito. John jogou a bola na área, nenhum jogador conseguiu a cabeçada e ela entrou no canto direito de Adê. Pouco depois, Gima entrou sozinho na área e, quando ia marcar o quarto gol, foi calçado. Pênalti clamoroso, ignorado por Jonas Estevão da Silva.

No fim, em falha de marcação da zaga, o pequeno Santos marcou de cabeça o segundo do Biguaçu, mas nada que atrapalhasse a festa dos colorados que foram outra em peso ao Vidal Ramos Júnior.


Internacional 3x2 Biguaçu

12 de outubro – Campeonato Catarinense de Acesso
Estádio Municipal Vidal Ramos Júnior – Lages
Árbitro: Jonas Estevão da Silva
Inter: Adê, Almir, Alemão, Acácio e Vinícius; Douglas, Danilo (Emerson), Roni e Gima; Bruno (João Marcelo) e Cláudio Júnior (Luiz André). Técnico: Raffaele Granitti
Biguaçu: Alemão, Felipe, Russo, Matias e Chiquinho (John); Bahia, Juninho, Arley e Vitinho (Jean); Zé e Santos.
Gols:Danilo (falta) aos 16 e Douglas aos 32 do 1º tempo; Bruno aos 13, John aos 21 e Santos aos 41 do 2º tempo.

Vamos nós de novo

E vamos para o returno. O regulamento do campeonato é uma aberração, se vencermos o segundo turno não levamos vantagem nenhuma para o quadrangular, mas não dá para tirar o pé.

Chegaram novos jogadores. Graniti disse que o time está apenas em 50% do que pode produzir. Ou seja, há um trabalho a ser feito para que o time chegue ao quadrangular final em ponto de bala, jogando seu melhor futebol.

Vamos lá. Mais uma chance de vibrar com a raça de Alemão e com os gols de Bruno. O Inter, aos poucos, vai ficando com a nossa cara: raçudo e vencedor.

Inter x Biguaçu
Abertura do returno da Divisão de Acesso
Estádio Vidal Ramos Júnior
15:30
Ingressos a 10 reais (inteira) e 5 reais (meia)

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Arbitragem para Inter x Biguaçu

Saiu a escala da primeira rodada do returno. Inter x Biguaçu será apitado por Jonas Estevão da Silva, de Caçador.

Jogo 30 Data: 12/10/2011 as: 15:30 horas - RETURNO Estádio: VIDAL RAMOS JUNIOR - LAGES
Confronto: Internacional X Biguaçú
Delegado..... - LAUREMIR SAVEDRA
Árbitro......- JONAS ESTEVãO DA SILVA
Assistente 1 - JEFERSON LUIZ MACIEL
Assistente 2 - LUIZ ANTONIO ARIGONI
4º Árbitro...- DAIANE APARECIDA MADEIRA

Imagens de uma vitória - Parte II

A torcida pediu até para ele bater o pênalti, e Alemão tentou de todos os jeitos, mas seu gol não saiu. Essa aí parou no travessão.

Gente fina, elegante e sincera no mega VIP Camarote Band FM

Ricardo, Gima e Bruno: a artilharia colorada comemora o terceiro gol

Quando a Fúria canta o Tio Vida se levanta, iiii só dá Intêr! Êeeeeeeee, bota pra ...

Ricardo sobe mais alto e quase marca de cabeça

Vinícius, força e categoria na ala esquerda colorada

Danilo cobra a falta e acerta a trave

A sabedoria infantil atesta: o Inter é o time do futuro

Retratos de uma vitória - Parte I

Mais fotos da vitória do Inter, da cobertura da Band FM e da festa da galera.

Aninha, poderosa chefona da equipe Band no estádio, olha para o céu e pede: tomara que todos os times com nome de Internacional vençam hoje...

Alemão, novo ídolo colorado, joga boné para a torcida

A turma da corneta, que não abandona a arquibancada descoberta ao lado do pavilhão antigo: à sombra das araucárias imortais

Acompanhados de jovens torcedores, os guerreiros colorados entram em campo


Os campeões do primeiru turno da Divisão de Acesso posam para as lentes de Alvarélio Kurossu e Celso Aurélio

domingo, 9 de outubro de 2011

Um gol, dois ângulos (e outras coisas mais)

Meu amigo Nilton Wolff manda a foto do gol do Gima, o primeiro da goleada. Ele estava lá atrás do do gol. Curiosamente, na foto que eu tirei, aparece o Nilton no momento do clique. Olha só:

Aqui o Gima fazendo o gol, na foto tirada pelo Nilton

E nessa outra, ó o Nilton fazendo a foto. Atrás dele está o Mano, da Visiom, e mais perto do gol o Rodrigo, da Rádio Clube

E por falar em Mano e Visiom, é claro que não tenho equipamento e habilidade para filmar como ele, mas aí está o gol de pênalti do Bruno.

video

Inter goleia em ritmo de treino e conquista primeiro turno

Sim, há vida na terceira divisão. De novo diante de um ótimo público no Vidal Ramos, o Inter goleou o Maga por 5x1 e fez a festa de quase dois mil torcedores. Sem dúvida, uma tarde mais feliz do que a noite de sábado dos fãs de Atlético e América Mineiro, que pela Série A do Brasileiro levaram apenas 752 pagantes para ver seu empate sem gols.


Ninguém tinha dúvidas de que o Inter venceria com facilidade. O Maga, de Indaial, perdeu todas as suas partidas e chegou a Lages com 27 gols sofridos e nenhum marcado. E pior, chegou de micro ônibus, pouco mais de uma hora antes do jogo, com apenas 13 jogadores relacionados para a partida.

Gima marca o primeiro

Os donos da casa não tinham nada a ver com isso e foram em peso ao Tio Vida. Novamente chamou a atenção a quantidade de jovens torcedores, provando que há uma nova geração de colorados. "Inter campeão - Eu já sabia", diziam os cartazes de duas crianças acompanhadas dos pais.

Ricardo e seu momento Inacreditável Futebol Clube

Mesmo sem Ralf e Eliezer, o Internacional massacrou no primeiro tempo. Além dos quatro gols, muitas chances perdidas. Quatro arremates foram parar nas traves do goleiro Ciro, do Maga. O placar foi construído ao natural. Gima marcou o primeiro de cabeça, ao escorar no segundo pau um cruzamento da direita. O artilheiro Bruno, de pênalti, aumentou para dois. Ricardo, que jogou pela primeira vez como titular, fechou o placar da primeira etapa. No primeiro, ele aproveitou cruzamento de Almir e emendou na pequena área. Depois, valendo-se de uma indecisão entre o goleiro Ciro e o zagueiro Antonello, Ricardo deu um leve toque para fazer 4x0.

Douglas passa a régua e fecha a conta

A expectativa de uma super goleada no segundo tempo não se confirmou. Ao contrário, foi o Maga quem marcou primeiro - um belo gol de Willian, encobrindo o goleiro Adê. Rafaelle Graniti então promoveu a estreia de Cláudio Júnior, e também mandou a campo Luiz André e Adilson. Mesmo diminuindo o ritmo, o Internacional perdeu vários gols, principalmente com o atacante Ricardo - um deles, de cabeça, valeria a vinheta do Inacreditável Futebol Clube.

Quase no final, Douglas - de excelente atuação - apareceu na pequena área e chutou no alto, no meio do gol, para dar números finais à partida: Inter 5x1 Maga.

Após o último apito de Edson da Silva, os jogadores saudaram a torcida e foram aclamados como campeões. Com a conquista, o Inter assegura vaga no quadrangular final e se aproxima do retorno à segunda divisão.

Quarta-feira, às 15:30, o Inter abre o returno recebendo o time do Biguaçu, no Vidal Ramos. É feriado, e os torcedores colorados certamente estarão lá para apoiar o time que fez a cidade reviver a sua paixão pelo futebol.

Mais tarde, outras fotos da goleada colorada.

Internacional 5x1 Maga
9 de outubro - Campeonato Catarinense de Acesso

Estádio Municipal Vidal Ramos Júnior - Lages

Árbitro: Edson da Silva

Inter: Adê, Almir (Adilson), Alemão, Emerson e Vinícius (Luiz André); Douglas, Danilo, Roni e Gima; Bruno (Cláudio Júnior) e Ricardo. Técnico: Raffaele Granitti
Gols: Gima aos 11, Bruno (pênalti) aos 17 e Ricardo aos 35 e 38 do 1
º tempo; Willian (Maga) aos 9 e Douglas aos 39 do 2º tempo.

A chuva, velha companheira

Boa parte da história do Inter foi escrita sob chuva. Já disse aqui, quase uma milonga abaixo de mau tempo, e o campo alagado nos obrigava à reza. O primeiro jogo da história colorada, em 1949, foi num aguaceiro em Painel, e a partir de então a chuva apareceu em vários momentos importantes.

Recordo-me de várias festas na chuva no Tio Vida, a mais impressionante delas em uma final de turno da segundona, em 1990. Vencemos o Laguna por 2xo no tempo normal, gols de Jones e Edmilson, e na prorrogação por 1x0, gol do neguinho Maizena, que comemorou se jogando em uma poça d'água que parecia uma piscina olímpica, enquanto jogávamos os guarda chuvas para o alto.

Ao que tudo indica, a chuva será forte neste domingo. Mais uma prova do DNA deste Inter que tem arrastado multidões ao Tio Vida, em contraste com públicos vergonhosos na Série A do campeonato brasileiro. Vamos lá, debaixo de chuva mesmo, para atropelar o Maga e soltar o grito de campeão.

ATUALIZAÇÃO: Como bem registrou o Edson Varela, a chuva parece ter se antecipado e caído toda de madrugada! Neste instante, perto do meio-dia, tempo bom em Lages. AO TÍTULO, COLORADOS!

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Com a mão na taça: Inter 3x1 Pinheiros

Com fotos de Nilton Wolff

Outra vez diante de ótimo público, o Inter venceu o Pinheiros por 3x1 e está muito próximo de conquistar o primeiro turno da Divisão de Acesso. Apesar do susto inicial - Diego, logo aos 8 minutos, abriu o placar cobrando pênalti - os colorados não se abateram e chegaram à virada ainda no primeiro tempo.

O empate veio na raça, em arrancada do zagueiro Alemão pela direita. Da linha de fundo ele centrou para a cabeça precisa de Bruno, para baixo, no canto direito. Eram 29 minutos e o Tio Vida explodiu pela primeira vez. Dez minutos depois, Gima entrou driblando na área e foi deslocado. Bruno cobrou o pênalti, quase um replay da cobrança de domingo, e saiu para o abraço.

O escore do primeiro tempo já parecia definido quando houve uma falta no comando do ataque. O lateral-esquerdo Vinícius cobrou rasteiro, por fora da barreira, e a bola entrou no canto direito. Com três gols e uma atuação de raça, o time saiu aplaudido pela torcida.

No segundo tempo o ritmo diminuiu. O Inter teve até boas chances, mas o placar não foi mais alterado. O lado negativo foram as contusões de Ralf, Johnny e Eliezer, principalmente dos dois últimos, aparentemente mais sérias.

Após o apito final, o técnico Rafaele Granitti foi ovacionado. A torcida o reconhece como o grande responsável por essa fase do time, que tem tudo para conquistar o primeiro turno, de modo invicto.

Como eu disse na Band FM, o Inter tem um artilheiro (Bruno), um novo ídolo (Alemão), uma torcida apaixonada. Falta só um título. E ele vem domingo, à tardinha, no Tio Vida, em mais um encontro marcado entre este incrível Leão Baio e seu torcedores apaixonados.

Internacional 3x1 Pinheiros (Rodeio)

6 de outubro – Campeonato Catarinense de Acesso

Estádio Municipal Vidal Ramos Júnior – Lages
Público: não divulgado

Árbitro: Carlos Eduardo Vieira Arêas

Inter: Adê, Eliezer (Almir), Alemão, Emerson e Vinícius; Douglas, Ralf (Johnny) (Luiz Andrade), Roni e Danilo; Bruno e Gima. Técnico: Rafaele Graniti
Gols: Diego (Pinheiros, pênalti) aos 8, Bruno aos 29, Bruno (pênalti) aos 40 e Vinícius (falta) aos 45 do 1º tempo.