sábado, 11 de julho de 2009

GUA-NAL!

Emocionante o Gua-Nal de ontem no Jones Minosso. Apesar de o Bugre ter jogado de verde, e não com o histórico manto azul e amarelo (que virou preto e amarelo no final de sua existência), e de seu time ter sido formado por um combinado da imprensa lageana, jogadores do Jocol e pelo técnico Carlinhos Cruz, foi uma bonita confraternização.

Inter e Guarani juntos, antes do jogo
O empate em 7x7 dividiu os troféus. O Inter levou o troféu Prefeito Renato Nunes de Oliveira, entregue ao Zé Bolacha por este escriba; enquanto o Bugre ficou com o troféu Camargo Filho, entregue pelo Pitota, bugrino das antigas.

Acima e embaixo, dois dos quatro gols de Erlon Joe


Carlinhos Cruz foi o destaque do Guarani - embora o fato de Jones Paulo ter marcado um gol chame atenção. Pelo Inter, quem mandou no jogo foi Erlon Joe, autor de quatro gols, um deles com direito a chapéu no adversário. Quem esteve lá viu velhos conhecidos colorados, como o goleiro Cao, Muralha, Dutra, Dinarci, Hélio Babão, Zé Melo e a inesgotável categoria de Martinho Bin.

Carlinhos Cruz, com o troféu Camargo Filho, e o eterno Martinho Bin

O time do Inter, depois do jogo, com o troféu Prefeito Renatinho

Um comentário:

gustavohardrock disse...

Ae mauricio.
Recebeste de volta o pen e as informaçoes de 1970?

Abraço
cícero